• Diego Ferrarini

Desenvolvendo protótipos simples com o Power Point/Excel


Você que é analista de negócios ou veste esse chapéu momentaneamente, enquanto você conversa com o cliente e ouve suas necessidades é normal que sua mente vá gerando novos insights e formas de mostrar esses dados para ele. Isso tudo está em sua mente e antes de qualquer tipo de decisão seria prudente validar o que será desenvolvido. Mas você não sabe usar nenhuma ferramenta de prototipagem e não tem ninguém à recorrer. E agora?


A prototipagem sem dúvida é um dos processos mais importantes no desenvolvimento de um projeto. Com ele você tem a oportunidade de mostrar ao cliente como tudo ficará depois de pronto e colher feedbacks importantíssimos antes de por a mão na massa. Os ganhos são consideráveis já que não haverão riscos de empreender tempo implementando uma funcionalidade que não agregará valor para o cliente, sendo assim, o processo de desenvolvimento será mais assertivo e ágil.


Todo o processo de desenvolvimento envolve a criação e edição de formas no Power Point. Os passos a seguir são sugestivos, variando muito com a criatividade de cada um.

Para o nosso exemplo, vamos até a guia "Inserir" e depois "Formas". Vamos inserir um retângulo de fundo branco e sem bordas, preenchendo toda a página. Esse será nosso background. Depois vamos inserir um retângulo de cantos arredondados e vamos ajustar para o topo da página. Nesse retângulo vamos clicar com o botão direito e ir até a opção "Formatar forma". Vamos aplicar um preenchimento degrade conforme imagem abaixo.

Até esse momento seu projeto estará dessa forma.

Nesse ponto vem a parte mais importe que é definir o posicionamento de cada elemento gráfico de seu painel. Algumas técnicas de storytelling irão ajudar a definir cada elemento, cor e posicionamento. Falaremos disso em outro artigo.


Para o fundo de cada gráfico, vamos adicionar novamente retângulos de canto arredondados, com fundos brancos. Nesse visual, optei por aplicar um sombreamento leve em cada retângulo. O resultado final está logo abaixo.

No topo da imagem, vamos incluir mais quatro retângulos de fundo branco para usarmos como destaque de nossos valores principais. Nesse caso, a transparência da figura foi ajustada para 90%. Veja abaixo.

Nesse momento você deve estar se perguntando onde o Excel entra nessa história. É valido lembrar que todo o processo construído até aqui, poderia ter sido realizado igualmente no Excel. Optamos pelo Power Point pela facilidade em lidar com o dimensionamento de página.


No Excel, iremos construir alguns gráficos com valores aleatórios. É importante tentar mostrar ao cliente qual o gráfico você pretende inserir, para que fique claro qual a história seu painel irá contar. Lembre-se, os dados contarão um história ao seu cliente. Avalie justamente nesse momento se a história será bem contada e a mensagem bem transmitida. Pegue um feedback!

Não vamos entrar em detalhes de como construir gráficos no Excel. Uma vez com eles prontos, basta copiarmos e colarmos em cada local onde destinamos anteriormente. O resultado final você pode conferir abaixo.

Um fato importante é na hora de exportar o arquivo para usar como fundo de outra aplicação. No Power Point temos a opção de salvar como ".svg". Assim as figuras não perdem qualidade quando forem redimensionadas.


Nem sempre você terá em suas mãos ferramentas profissionais para desenvolvimento de protótipos, e se tiver, não serão todas as vezes que terá tempo para fazer algo tão sofisticado, mas sempre terá a missão de satisfazer a necessidade do cliente que contratou seus serviços. Esse artigo aborda justamente isso, como fazer um protótipo rápido e funcional, capaz de validar com o cliente quais as ideias você pretende apresentar e que além de tudo pode ser usado como fundo de seu Dashboard.



Diego Ferrarini

Analista de Business Intelligence

https://www.linkedin.com/in/diego-ferrarini-624853b1

44 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo